Blog do Dr. André Mansur

Anjo De Ternura

Escrito por Patricia Sales em 14 de fevereiro de 2018
anjo-de-ternura
Pequenino anjo de ternura
Preso em seu mundo…
Um mundo que não a deixa falar
Nem de forma alguma se comunicar
 
Seus olhinhos meigos e doces
Não expressam a dor
Mas expressam o sentimento do amor
Anjo Clara, linda!
De uma beleza rara
Tão singela e cara
 
Andar, não pode
Também não pode falar
Enclausurada em seu mundo
Vive a sonhar com o dia
Que venha a se libertar
 
Sua tão dedicada
E, tão maravilhosa mãezinha
Mesmo te vendo tão perto
E ao mesmo tempo tão distante
Nunca perde a fé
Dança e canta pra você ficar de pé
 
Mesmo sofrendo a incerteza
De pensar que, talvez, você
Não venha a se libertar
Nunca perdeu a esperança
Nunca desistiu
 
Nem o brilho dos olhos sucumbiu
Mas, chora por querer
Com sua filhinha conversar
Mãezinha, forte e corajosa
Tão próximas uma da outra
E ao mesmo tempo, distantes
 
Ela sonha e espera com fé
Que um dia sua filhinha fique de pé
E que saia dessa prisão, que é
Que venha um dia a ouvir
Mamãezinha, estou aqui:
 
Sou Clara, seu presente de Jesus!
Sou o seu Anjo de Luz
Seu amor que te faz sorrir
E que te faz feliz
E que pelas suas mãos, mamãezinha,
Você me conduz e reluz!
Autor: Dourado Filho

Deixe uma resposta