Blog do Dr. André Mansur

Mensagem Pessoal Dia dos Pais

Escrito por Patricia Sales em 11 de agosto de 2017

mensagem-pessoal-dia-dos-pais1

Perdi meu pai com pouco mais de um ano de vida, para um câncer fulminante. Nunca parou de doer. Nunca!

Fico pensando como seria minha vida hoje se Deus não tivesse te levado, Pai. Não sei se eu seria melhor ou pior, mas, certamente, seria tudo diferente.

De qualquer forma, se Ele precisou de você, em Sua grandiosa justiça, transformou a mim, uma pessoa comum, dando-me os superpoderes de ser PAI!

Hoje, ainda que a dor continue, ora latente, ora candente, sinto uma estranha saudade de alguém que somente conheci por fotos e pela fama de honradez e caráter.

Perdoe-me, agora, Pai, se me permito sentir uma estranha alegria, no exato momento em que aguardo meu filho acordar.

Isso mesmo, PAI!

O mesmo Deus que te levou, trouxe para nossa vida meu filho. Que daqui a pouco vai acordar. E me chamar de PAI!

De papai!

Obrigado, Senhor, e que eu possa sempre merecer ser chamado de PAI por esta bênção, a quem, mesmo após minha vida, sempre será

MEU FILHO!

A todos aqueles que foram, são ou serão pais, meus sinceros parabéns por este dia tão ÚNICO!

Eu sempre choro quando penso em meu pai. Não tenho vergonha de chorar, como não tenho vergonha de sorrir, nem de ver um pouco de mim no sorriso do MEU FILHO, que ilumina a minha vida!

Um dia, PAI, a gente vai se encontrar. Não vai ser por agora, não. O PAI MAIOR, que te levou, o mesmo que me trouxe MEU FILHO, ainda precisa de mim por aqui.

Então, vou ficando!

Vai arrumando as coisas por aí. Mas não espera por agora não.

EU DEMORO!

Ainda tenho muita coisa para fazer. Principalmente, aproveitar esta missão e esta bênção que é:

SER PAI!

OBRIGADO SENHOR!

André Mansur Brandão
Pai